Quinta, 19 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Parapuã - SP

Dólar
R$ 4,97
Euro
R$ 5,20
Peso Arg.
R$ 0,04
Cidades Ameaça

Empresa Marilan recebe ameaça de chacina e funcionários temem tragédia

Mensagem foi escrita na parede de um banheiro

29/04/2022 às 13h53
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações: Marília Notícia
Compartilhe:

Uma ameaça de morte anônima escrita supostamente em um dos banheiros da Marilan, viralizou nas redes sociais e tem causado temor entre os funcionários da indústria.

Trabalhadores encontraram a mensagem – com ameaças de chacina – escrita na parede e estão apavorados com a possibilidade de anúncio de um crime premeditado. No texto, o suposto funcionário cita a morte de um colega, que teria tirado a própria vida recentemente. O comunicado diz que vai matar “pessoas aqui de dentro”, começando pelo presidente da empresa.

A ameaça é truncada, cheia de erros de português e com muitas críticas trabalhistas. Sem provas, cita que o colega de trabalho teria se matado “porque estava cansado” da empresa. Fala ainda que muitos estão insatisfeitos e lamenta a morte de outros por Covid, que não teriam tido o devido valor. O texto xinga o gestor da indústria e reclama até da falta de agradecimento aos empregados no fim do ano.

“Estamos cansados dessa empresa. Nosso parceiro se matou porque estava cansado dessa merda de Marilan, com depressão. Todos nós estamos insatisfeitos. Muitos heróis morreram de Covid. Não tem (sic) valor, final de ano nenhum agradecimento. *** Presidente vai comprar fralda e leite, vale-alimentação para nada. Nós fica (sic) doente desconta […] Estou com depressão igual nosso amigo que morreu. Vou fazer diferente, vou matar pessoas aqui dentro. Depois vou tirar a minha vida e vai morrer primeiro o presidente”, diz mensagem.

Os funcionários, sem saber se é uma brincadeira de mau gosto ou um desabafo de alguém insatisfeito, temem o possível prenúncio de uma tragédia. Até o fechamento desta edição a reportagem não tinha conseguido acesso a nenhum registro da ocorrência na Polícia Civil.

A reportagem tentou contato telefônico com o diretor-presidente da Marilan, Sérgio Tavares, mas não conseguiu encontrá-lo. O espaço segue aberto para manifestação.

A assessoria de imprensa da indústria enviou nota sobre o caso. Confira abaixo na íntegra.

“Assim que obteve conhecimento do ocorrido em sua unidade de Marília, a Marilan tomou imediatamente providências para garantir o total acolhimento de seus funcionários. A companhia reforça que a integridade física e emocional de seus colaboradores é e sempre será prioridade, razão pela qual está tomando as medidas para intensificar a segurança e o bem-estar em sua unidade. Além disso, a Marilan está avaliando eventuais ações a serem tomadas junto às autoridades competentes”.

Parapuã - SP Atualizado às 01h27 - Fonte: ClimaTempo
Poucas nuvens

Mín. Máx. 19°

Sex 20°C 6°C
Sáb 22°C 9°C
Dom 24°C 10°C
Seg 26°C 12°C
Ter 27°C 12°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias