Quinta, 19 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Parapuã - SP

Dólar
R$ 4,97
Euro
R$ 5,20
Peso Arg.
R$ 0,04
Cidades Investigação

Prefeitura de Tupã descobre possível esquema de notas frias envolvendo motoristas da saúde

Em viagens, motoristas pagavam por abastecimentos de combustíveis que não aconteciam.

09/12/2021 às 09h08
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações Mais Tupã
Compartilhe:
Prefeitura de Tupã descobre possível esquema de notas frias envolvendo motoristas da saúde

Desde a aquisição de novas ambulâncias, a Prefeitura de Tupã passou a ter mais condições de monitorar e fiscalizar as viagens. Os novos veículos, adquiridos por meio de financiamento tem além de computador de bordo sistema de GPS, que dá o trajeto e localização durante as viagens.

Outro fator que facilita a fiscalização é o fato dos veículos serem novos, da mesma marca e modelo, o que indica que o consumo de combustível deva ser semelhante.

Seguindo neste prisma, o setor de controladoria da Prefeitura Municipal começou, segundo informações, há alguns meses perceber que alguns motoristas, do setor da saúde, tinham média de consumo de combustível muito diferente dos demais, principalmente em viagens para São Paulo.

Os motoristas que fazem viagens longas, principalmente para São Paulo, têm um cartão de créditos corporativo, para que possam abastecer os veículos.

Segundo informações, pelo menos 5 motoristas da saúde foram flagrados em um posto de combustíveis, que fica no trajeto entre Tupã e São Paulo, pagando por abastecimentos que não aconteciam, e com isso supostamente recebiam parte do valor que era passado no cartão, e apresentavam para Prefeitura Municipal notas fiscais de abastecimentos que não aconteciam.

Extraoficialmente há informações que o setor responsável pelas investigações conseguiu ao logo do período de observação juntar um conjunto probatório extenso e sólido.

A Polícia Civil foi informada dos fatos. Caso seja configurado o crime de peculato, que é descrito no Artigo 312 do Código Penal como: apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.

Se configurado o peculato a pena prevista é de 2 a 12 anos de prisão.

Ainda segundo informações apuradas as investigações seguem, e outros motoristas podem ser afastados, sendo que há uma comissão da Prefeitura Municipal gerindo uma sindicância para apurar outros possíveis desvios. Informações extraoficiais dão conta que os desvios podem passar de 100 mil reais só neste ano.

Posição oficial da Prefeitura Municipal

Entramos em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Tupã que nos respondeu em nota:

“Com relação à investigação sobre supostas irregularidades na apresentação de notas fiscais, a Prefeitura informa que o caso está sendo devidamente investigado, sendo instaurado processo administrativo disciplinar para apurar eventuais irregularidades. Ainda de acordo com a Prefeitura, tanto o Ministério Público quanto a Polícia Civil também já foram informados sobre a investigação, que está sendo conduzida com total transparência para a verdade prevaleça, embasando as medidas administrativas a serem adotadas pela administração municipal”.

Tupã - SP
Sobre o município
Parapuã - SP Atualizado às 03h08 - Fonte: ClimaTempo
Poucas nuvens

Mín. Máx. 19°

Sex 20°C 6°C
Sáb 22°C 9°C
Dom 24°C 10°C
Seg 26°C 12°C
Ter 27°C 12°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias