Quarta, 08 de Dezembro de 2021
30°

Tempo aberto

Parapuã - SP

Dólar
R$ 5,53
Euro
R$ 6,27
Peso Arg.
R$ 0,05
Polícia Ataque de pitbulls

Mulher atacada por pitbulls não resiste e morre, seu filho já tinha sido vítima dos mesmos cães

Inicialmente a Polícia Civil de Ourinhos, registrou o caso como lesão corporal culposa, mas com a morte da vítima deve alterar o registro para homicídio.

18/11/2021 às 08h46
Por:
Compartilhe:
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Na madrugada de sexta-feira passada, Juliana da Silva Rosa, de 31 anos, caminhava pela Rua Manoel Sanches Hernandes, na Vila Operária, em Ourinhos (SP), quando foi atacada por três cachorros, informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Civil.

Juliana foi socorrida, encaminhada à UPA do município e posteriormente transferida para o Hospital das Clínicas de Marília (SP), onde ficou internada, com ferimentos na cabeça, pescoço e no olho esquerdo, mas não resistiu aos ferimentos, e faleceu nessa terça-feira.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, durante o ataque, o dono dos pitbulls socorreu a mulher e retitando-os de cima dela. Na ocorrência consta também que os cachorros fugiram e atacaram a vítima após o portão da casa ficar aberto.

Há relato do filho da vítima de que há cerca de dois anos, ele também foi vítima da violência dos mesmos cães, o que foi confirmado pela irmã de Juliana, Débora da Silva Rosa, de 34 anos, que o sobrinho mantém várias cicatrizes na região genital. Na época do ataque, a criança tinha 5 anos.

Débora Rosa contou ainda que há outros casos de ataques violentos praticados pelos mesmos cães, sendo uma cadela e seus dois filhotes. Em um deles, os cães pularam o muro da casa onde moram e mataram o cachorro de um vizinho.

Em outra ocasião, conta a parente, os cães pularam uma cerca que fica nos fundos da residência e mataram um boi. Um outro sobrinho de Débora, filho de outra irmã, também já foi atacado pelos cachorros.

Inicialmente a Polícia Civil de Ourinhos, registrou o caso como lesão corporal culposa, mas com a morte da vítima deve alterar o registro para homicídio. Para dar início às investigações, o pai, uma irmã e uma prima de Juliana, que presenciaram o ataque foram convocadas para esta quinta-feira (18) pela manhã. O dono dos cães, também deve ser convocado.

 

 

 

Parapuã - SP Atualizado às 18h37 - Fonte: ClimaTempo
30°
Tempo aberto

Mín. 17° Máx. 31°

Qui 32°C 17°C
Sex 34°C 18°C
Sáb 36°C 20°C
Dom 33°C 21°C
Seg 28°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias