Quarta, 22 de Setembro de 2021
27°

Poucas nuvens

Parapuã - SP

Dólar
R$ 5,29
Euro
R$ 6,20
Peso Arg.
R$ 0,05
Política e Economia Derrota!

Não Passou! PEC do voto impresso é rejeitada pelo plenário da Câmara dos Deputados

A matéria não obteve os 308 votos necessários para ser votada em 2º turno e foi arquivada

11/08/2021 às 08h09
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações CNN
Compartilhe:
Não Passou! PEC do voto impresso é rejeitada pelo plenário da Câmara dos Deputados

O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou em primeiro turno a Proposta de Emenda à Constituição 135/19, conhecida como PEC do voto impresso.

Foram 229 votos favoráveis, 218 contrários e uma abstenção. Como a matéria não obteve os 308 votos necessários para ser votada em segundo turno, a PEC foi arquivada.

Após a votação, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), agradeceu aos deputados pelo "comportamento democrático" e afirmou esperar que o assunto seja encerrado.

"A democracia do plenário desta casa deu uma resposta a esse assunto e na Câmara eu espero que esse assunto esteja definitivamente enterrado", declarou.

O texto original da PEC, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), determinava a impressão de “cédulas físicas conferíveis pelo eleitor” independentemente do meio empregado para o registro dos votos em eleições, plebiscitos e referendos.

Em discurso a favor da PEC, a autora reclamou que o rumo do debate foi "completamente desvirtuado".

"Eu estudo sobre o voto impresso desde 2014. Acompanhei testes no TSE, vistos por especialistas. Sempre vi quebras de seguranças das urnas eletrônicas. Meus eleitores votaram em mim acreditando na possibilidade de a PEC ser aprovada. Essa PEC é dos brasileiros que querem transparência no processo eleitoral. Não é minha e nem do presidente Jair Bolsonaro. Vamos despolitizar o debate", afirmou Kicis.

Já o deputado Camilo Capiberibe (PSB-AP) afirmou que Bolsonaro foi eleito com o uso da urna eletrônica e ressaltou que a agenda é "tóxica para a democracia".

"O presidente Jair Bolsonaro não vai recuar. Por que? Porque as pesquisas mostram que ele vai perder. Ele não vai perder por causa da urna, mas por causa das mais de 570 mil mortes causadas pela Covid-19", disse.

A PEC do voto impresso já havia sido negada na Comissão Especial na última sexta-feira (6), por 23 votos a 11. Por ter caráter consultivo -- e não terminativo, o tema foi levado ao plenário pelo presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

Um dia antes, em 5 de agosto, a comissão já havia rejeitado o parecer do deputado Filipe Barros (PSL-PR), cujo substitutivo propunha a contagem pública e manual dos votos a partir de cédulas impressas no momento da votação. No dia seguinte, o colegiado aprovou parecer do deputado Raul Henry (MDB-PE), que recomenda a rejeição também da proposta original.

Arthur Lira durante votação da PEC do voto impresso

Parapuã - SP Atualizado às 11h12 - Fonte: ClimaTempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 31°

Qui 31°C 15°C
Sex 32°C 16°C
Sáb 33°C 18°C
Dom 30°C 19°C
Seg 37°C 20°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias