Sábado, 19 de Junho de 2021 07:30
18 99746 6403
Polícia Operação Policial

Previdência Social é alvo de operação da PF em Presidente Prudente

Servidora do INSS é acusada de inserir dados falsos nos sistemas, o que gerou prejuízo de mais de R$ 1,7 milhão aos cofres públicos

02/06/2021 09h09
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações O Imparcial
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã, em Presidente Prudente, a operação Perfídia, a qual investiga a inserção de dados falsos nos sistemas da Previdência Social por servidora do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), objetivando gerar direito indevido a benefício previdenciário para pessoas diversas, fato que caracteriza o crime previsto no artigo 313-A do Código Penal.

A investigação teve início em razão de denúncia do próprio INSS em Presidente Prudente, o qual identificou diversos benefícios em que o tempo e valor de contribuição do segurado foram majorados pela servidora em desacordo com as normas da instituição e sem fundamento em documentos comprovatórios das alterações.  

Tal incremento indevido de tempo e/ou de valor de contribuição foi identificado em mais de 20 benefícios de aposentadoria, todos concedidos pela mesma servidora investigada, o que, sendo confirmado, já acarretou aos cofres públicos um prejuízo de mais de R$ 1,7 milhão.

A operação, cujo nome faz referência aos termos “deslealdade” e “traição”, em alusão à conduta pérfida da servidora em relação a sua instituição, consistiu no cumprimento de oito mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Presidente Prudente e quatro em Álvares Machado/, bem como no afastamento cautelar da servidora suspeita do exercício de sua função pública.

Ele1 - Criar site de notícias