Sábado, 19 de Junho de 2021 07:20
18 99746 6403
Saúde Eventos-Teste

Governo de SP anuncia 10 eventos-teste para definir protocolos de retomada no segundo semestre

De 15 de junho a 30 de julho, monitoramento ajudará a refinar as regras para o setor de eventos.

27/05/2021 09h20
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações Portal do Governo
Governo de SP anuncia 10 eventos-teste para definir protocolos de retomada no segundo semestre

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (26) que o Estado de São Paulo irá realizar, de 15 de junho a 30 de julho, 10 eventos-teste para testagem e acompanhamento das pessoas por duas semanas. O objetivo é criar um planejamento seguro, responsável e baseado na ciência de retomada das atividades do setor no segundo semestre. “Os eventos serão realizados com limitação de público, ambiente de público e testagem rápida dos participantes. Isso já foi realizado em outros países, em iniciativa semelhante, e aqui vamos fazer de forma segura, controlada e com testagem rápida”, disse Doria.

Os eventos previamente definidos ocorrerão em ambiente controlado, com testagem de participantes e equipe, assim como acompanhamento pós-evento do Governo do Estado. O objetivo deste estudo é ajustar, a partir de situações reais, as regras que possibilitarão a retomada de um dos setores mais afetados na pandemia do coronavírus e que emprega milhões de brasileiros.

A iniciativa será feita em duas feiras de economia criativa – incluindo uma que reunirá artesãos de diversas feiras da capital paulistana –, uma feira corporativa – seguindo o modelo da Expo-retomada –, quatro festas sociais, sendo pelo menos um casamento e um jantar corporativo, e três eventos noturnos.

Os testes utilizados serão de antígeno, com resultado imediato, aprovados pela Anvisa e com sensibilidade parecida com o teste RT-PCR, diagnosticando pessoas que estão contaminadas e transmitindo a Covid-19. Haverá limitação de público e serão progressivamente testados eventos mais complexos, de acordo com avaliações e acompanhamentos dos participantes pós-evento.

“Não é uma retomada, não é uma abertura, são 10 eventos-teste para que possamos ter um planejamento seguro no segundo semestre, com responsabilidade, baseado na ciência e baseado em dados”, reforçou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

Curso de biossegurança de protocolos sanitários

Para favorecer a retomada segura deste setor, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico irá disponibilizar um curso de biossegurança de protocolos sanitários para capacitar profissionais de festas e eventos, bares e restaurantes, com destaque para as equipes de cozinha, atendimento de salão e bar.

A iniciativa visa a execução dos protocolos sanitários relacionados à prevenção da Covid-19. Serão 3 mil vagas ao longo do ano com aulas remotas de 84 horas, divididas em três módulos, que estão sendo construídos com os setores econômicos. As inscrições serão abertas no site www.viarapida.sp.gov.br a partir de agosto.

O treinamento desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico é feito em parceria com o Centro Paula Souza, a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), ANR (Associação Nacional dos Restaurantes) e Abrafesta (Associação Brasileira de Eventos).

Aquisição de 1 milhão de testes rápidos

Foi anunciada também nesta quarta-feira pelo governo estadual a aquisição de 1 milhão de testes rápidos de antígenos que serão disponibilizados em junho aos municípios do estado. A medida visa ampliar as políticas de testagem e o monitoramento dos casos de Covid-19. 

A aquisição dos testes é mais uma ação do Estado para contenção das taxas de contaminação da pandemia e possibilitará que os municípios fortaleçam as estratégias de monitoramento de contatos, aplicando as medidas necessárias.

Os testes têm um grau de efetividade de 98% nos primeiros dias de sintomas e o resultado sai em até 15 minutos. A Secretaria de Estado da Saúde está investindo cerca de R$ 25 milhões para a aquisição dos insumos.

Números da testagem

Dados preliminares, até o final de abril, indicam que São Paulo realizou mais de 14 milhões de testes desde o início da pandemia, entre rápidos, RT-PCR e outros tipos. O Governo do Estado de São Paulo com o compromisso de ampliar as testagens, há mais de um ano tomou a iniciativa pioneira de criar a Plataforma de Diagnósticos de Covid-19, coordenada pelo Instituto Butantan. Com isto, o Estado tem atualmente capacidade para liberar até 20 mil testes RT-PCR por dia, o que representa um aumento de 150% em relação à previsão inicial de 8 mil exames diários.

Ele1 - Criar site de notícias