Sábado, 19 de Junho de 2021 05:28
18 99746 6403
Cidades Polícia Investiga

Morador de Lucélia é encontrado morto dentro de carreta na BR-163

Covid é uma das hipótese para morte de caminhoneiro, investiga polícia. A vítima conduzia um caminhão com placas de Osvaldo Cruz

25/05/2021 11h24
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações Campo Grande News
Morador de Lucélia é encontrado morto dentro de carreta na BR-163

O caminhoneiro José Carlos Leite, 53 anos, funcionário de um empresa de transportes de Osvaldo Cruz, foi encontrado morto dentro da cabine do caminhão (com placa de Osvaldo Cruz - SP) estacionado no pátio de um posto de combustíveis, localizado na região do Bairro Moreninhas, na BR-163, na saída para São Paulo, em Campo Grande (MS), na manhã desta terça-feira (25). 

Segundo o companheiro de viagem de José Carlos, Antônio Aparecido de Oliveira, 49 anos, os dois saíram ontem de manhã de Lucélia (SP), cada um em uma carreta, e chegaram à noite na capital sul-mato-grossense. A ideia era seguir viagem nesta manhã para Corumbá, onde iriam carregar minério. Na sequência, os caminhoneiros iriam para Itutinga, Minas Gerais.

Nesta manhã, ao acordar, Antônio ligou o caminhão e estranhou que o amigo não havia levantado ainda. “Bati no vidro, ele não acordou. Liguei no celular e o aparelho estava desligado”, disse. O Corpo de Bombeiros então foi acionado e quando chegou ao local teve que quebrar o vidro para saber o que havia acontecido. José Carlos já estava morto.  A Perícia Técnica e a Polícia Civil são aguardadas no local para fazer os levantamentos de praxe. A CCR MSVia, concessionária que administra a rodovia, também foi chamada.

Antônio disse que o amigo estava muito gripado, tossindo bastante e ontem não quis jantar. “A gente trabalhava juntos havia 8 meses. Essa é a primeira vez que passo por isso. Estou de mãos amarradas e já acionei a empresa. Se tivesse visto ele passando mal, poderia ter ajudado. Ele era um homem calmo e gente boa.”, lamentou o colega que está na profissão há 25 anos. José Carlos, morador de Lucélia, deixou dois filhos e esposa, conforme o colega.

Ele1 - Criar site de notícias