Quarta, 28 de Julho de 2021 20:56
18 99746 6403
Educação Volta às aulas

Escolas municipais retomam aulas presenciais nesta segunda-feira em Adamantina

Modelo adotado para o retorno será o híbrido, com rodízio de aulas presenciais e remotas, respeitando o limite de 25% da capacidade de alunos por sala durante as aulas presenciais.

17/05/2021 11h31
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações Impacto Notícias
Escolas municipais retomam aulas presenciais nesta segunda-feira em Adamantina

As escolas da rede pública de ensino de Adamantina retornam as aulas presenciais nesta segunda-feira (17).

Com objetivo de orientar os pais, responsáveis e alunos sobre o retorno do ensino nas unidades municipais, a Secretaria de Educação elaborou o ‘Protocolo Volta às Aulas Seguras 2021’.

O documento apresenta orientações para o funcionamento e desenvolvimento de atividades presenciais, além de ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos às atividades.

ENSINO HÍBRIDO

O modelo adotado para o retorno será o sistema híbrido, com rodízio de aulas presenciais e remotas, respeitando o limite de 25% da capacidade de alunos por sala durante as aulas presenciais. Cada grupo terá um dia na semana presencial com o professor. Neste dia, o estudante levará para casa atividades para serem feitas até o seu próximo contato presencial.

Conforme explica a assessora técnica-pedagógica Maria Angélica dos Santos Feitoza, o ensino híbrido consiste em uma abordagem pedagógica que envolve momentos presenciais de atividades e, ainda, à distância.

“As atividades devem ser complementares, de modo a favorecer o desenvolvimento do estudante, a personalização da aprendizagem e a promoção de sua autonomia. No ensino híbrido, o conteúdo presencial precisa estar alinhado ao conteúdo online (em casa, que nem sempre precisa do recurso tecnológico)”, afirma.

Além disso, cada unidade de ensino executará toda a manutenção para que o ambiente permaneça sempre limpo e saudável, bem como a ventilação nos ambientes escolares.

“Todos devem cumprir os protocolos. É fundamental não mandar para a escola as crianças que apresentem sintomas e, ainda, manter sempre o diálogo sincero com a escola”, pede a assistente técnica-pedagógica, Adriana Muniz.

ORGANIZAÇÃO

As turmas serão divididas em quatro grupos. A EMEI Ciclo I atenderá 25% dos alunos por sala com horário de aula no período da manhã das 7h30 às 11h30 e no período da tarde das 13h às 17h. O educador ficará 3h com cada grupo e quarta-feira ficará 4h em estudo e preparo de aulas.

A EMEI Ciclo II também atenderá 25% dos alunos por sala. O horário de aula será das 7h30 às 11h30 e a tarde das 12h30 às 16h30. Os grupos serão atendidos de segunda a quinta, a sexta será destinada para o preparo das aulas.

O ensino fundamental também atenderá 25% dos alunos por sala. O horário de aula será das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h. Os grupos serão atendidos de segunda a quinta. A sexta-feira será destinada para o preparo das aulas.

A Secretaria de Educação, embasada na Lei nº 14.019/2020 de 03 de junho de 2020, elaborou uma orientação para as famílias de alunos que apresentam algum tipo de deficiência.

Conforme a pasta, os responsáveis devem procurar o médico que acompanha a criança e solicitar um atestado autorizando ou não a participação nas aulas presenciais.

FORMAÇÃO DOS PROFESSORES

Além de toda a organização, todos os professores da rede municipal de educação participaram de formações específicas com o objetivo de orientá-los sobre o ensino híbrido e outras questões que envolvem o retorno presencial em meio a pandemia.

“Nosso maior objetivo é atender garantindo a segurança de nossos alunos e de nossa equipe. Precisamos unir forças: escola e família, fazendo cada um a sua parte para que possamos começar uma nova etapa na vida escolar de nossas crianças”, afirma o secretário de educação, Osvaldo José.

Além dos cuidados em relação ao combate a covid-19, a Secretaria de Saúde orienta que as carteiras de vacinação estejam atualizadas, pois só assim as escolas poderão receber as crianças. 

FIQUE ATENTO AOS PROTOCOLOS

AO CHEGAR NA ESCOLA

Na entrada, além do uso correto de máscaras, os estudantes deverão manter o distanciamento social e terão a temperatura aferida. Se apresentar temperatura acima de 37,5º, o servidor, pais, responsável ou o estudante não terá acesso ao interior da escola, será orientado ainda a procurar os serviços de saúde e a permanecer em isolamento domiciliar por 10 dias.

NO INTERIOR DA ESCOLA

Os alunos deverão ficar o tempo todo de máscara. O distanciamento social deve ser mantido e não serão realizadas atividades que gerem aglomeração. As mãos devem ser higienizadas sempre que possível e as salas serão arejadas.

MEDIDAS DE PROTEÇÃO NAS UNIDADES DE ENSINO

As unidades terão revezamento de estudantes de acordo com o limite de ocupação determinado pelo Plano SP. Os horários para refeições e intervalos serão escalonados e o espaço organizado para que o distanciamento social seja mantido.

Ele1 - Criar site de notícias