Segunda, 08 de Março de 2021 05:32
18 99746 6403
Saúde Tristeza!

Filha e pai, moradores em Dracena, morrem com um dia de diferença, por Covid-19

Dracena vive um colapso no sistema de saúde. Prefeito pôs a cidade na fase vermelha.

19/02/2021 09h10
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações Siga Mais
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma mulher de 27 anos e seu pai, de 64 anos, moradores em Dracena, morreram em um intervalo de 24 horas, vítimas da Covid-19.

A mulher, Ana Carolina Gussoni Pereira, de 27 anos, era funcionária pública da Secretaria Municipal de Saúde de Dracena e atuava no Centro de Saúde local. Ela estava internada na UTI da Santa Casa da cidade desde o dia 11 de fevereiro, em tratamento de Covid-19, e morreu às 6h55 desta quarta-feira (17), por não resistir à doença.

Já o pai dela, João Carlos Pereira, de 64 anos, conhecido em Dracena como “João Carlos da Novolar”, estava internado desde 15 de fevereiro no Hospital Regional de Presidente Prudente e nesta quinta-feira (18), às 5h34, foi a óbito.

Ana Carolina foi sepultada ontem e o pai dela hoje, no Cemitério de Dracena.

Prefeito pôs cidade na fase vermelha

Diante da alta de casos na cidade e lotação dos leitos de enfermaria e UTI, o prefeito de Dracena, André Lemos, assinou ontem o Decreto N°. 7.393, que reclassifica a cidade para a fase vermelha do Plano SP, de restrição máxima. As medidas começaram a vigorar hoje. O decreto também determina toque de recolher na cidade, com o fechamento do comércio em geral das 20h às 6h, ficando autorizado o atendimento somente por delivery até às 22h.

Outra medida estabelece o lockdown nos finais de semana (sábado e domingo), na cidade, com a proibição da circulação de pessoas, salvo por motivo de força maior, sendo obrigatório uso de máscara.

 

Ele1 - Criar site de notícias