Quarta, 20 de Janeiro de 2021 18:47
18 99746 6403
Cidades Tragédia na SP-425

Ônibus envolvido em acidente com 7 mortos na SP-425 não podia circular, diz ANTT

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres, o ônibus 'está com Certificado de Segurança Veicular vencido, ou seja, não poderia estar sendo utilizado pela empresa'.

22/12/2020 18h38
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações G1
Foto: Guia Online Parapuã
Foto: Guia Online Parapuã

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou na manhã desta terça-feira (22), que o ônibus que se envolveu em um acidente com sete mortos e 32 feridos na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Parapuã (SP), na noite da segunda-feira (21), não podia circular.

Baseada na numeração da placa do ônibus, fornecida pela Polícia Militar Rodoviária, a ANNT afirmou que o veículo consta como inativo no sistema e "está com Certificado de Segurança Veicular vencido, ou seja, não poderia estar sendo utilizado pela empresa".

A ANTT ainda alegou que a empresa Helios Coletivos e Cargas está habilitada para prestação do serviço regular interestadual de passageiros, para operar a ligação de São Felix do Xingu (PA)–Carazinho (RS).

A colisão envolveu um ônibus e um caminhão, por volta das 21h10, na altura do km 385 da Rodovia Assis Chateaubriand, em Parapuã. Sete pessoas morreram e outras 32 ficaram feridas em decorrência da batida frontal entre os veículos.

Outro lado

Por telefone, a Helios Coletivos e Cargas alegou  que "não existe a mínima possibilidade de o veículo envolvido no acidente estar irregular".

A empresa ainda citou que o cadastro do ônibus está ativo na ANTT e atualizado. A linha que o veículo fazia existe há mais de 40 anos, ainda conforme a empresa.

A empresa também pontuou  que o modelo do ônibus, com placas de Pelotas (RS), é do ano 2017/2018 e não apresenta irregularidades.

Segundo a Helios, o documento está em dia e vence em outubro de 2021.

Ainda segundo a empresa, a viagem levaria 2 dias e 14 horas de duração e o ônibus chegaria às 17h desta terça-feira (22) ao Rio Grande do Sul.

A Polícia Rodoviária afirmou que se trata de uma empresa de linha regular, com cadastro na ANTT.

Ele1 - Criar site de notícias