Quarta, 25 de Novembro de 2020 10:41
18 99746 6403
Polícia Polícia

Em ocorrência de violência doméstica, homem agressivo resiste à abordagem e leva tiro na perna

Com facão e agressivo, homem de 51 anos ameaçava de morte a amásia, de 42 anos.

11/11/2020 08h49
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: informações Siga Mais
Em ocorrência de violência doméstica, homem agressivo resiste à abordagem e leva tiro na perna

Depois de resistir à abordagem policial na noite desta segunda-feira (9) durante o atendimento da Polícia Militar a uma ocorrência de violência doméstica, no Jardim Brasil, em Adamantina, um homem de 51 anos levou um tiro na perna, para que fosse contido.

O agressor teria ameaçado a amásia, de 42 anos, com um facão. A PM chegou ao local, após ser acionada pelo 190, e iniciou diálogo para tentar contê-lo. Sem sucesso, o homem fez movimento de agressão em direção a um dos policiais, portando objeto cortante, quando foi atingido por um disparo na perna.

Ouvida pelo Impacto, a delegada Patrícia Tranche Vasques, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), disse que a mulher estava sofrendo violência psicológica (ameaça) e patrimonial. Os danos ao patrimônio são decorrentes da destruição de móveis na casa onde os dois viviam.

A delegada detalhou que ao chegar ao local, os policiais militares se depararam com o homem descontrolado, e em posse de um facão ameaçava a vítima de morte. O policial determinou que o agressor levantasse as mãos, mas não foi obedecido, quando então o homem partiu em direção ao militar, em movimento de possível violência, sendo então atingido na perna, com um disparo, para que fosse contido.

Após o disparo, o agressor foi socorrido e encaminhado ao pronto-socorro da Santa Casa de Adamantina, onde foi atendido, sendo posteriormente encaminhado para Marília, com escolta policial, para suporte complementar.

O caso foi registrado inicialmente como violência doméstica e familiar, apresentado pela PM junto ao plantão da Polícia Civil, onde o delegado plantonista ratificou a prisão em flagrante do agressor, por dano, resistência e ameaça.

Um inquérito vai apurar o caso.

Ele1 - Criar site de notícias