Segunda, 28 de Setembro de 2020 12:47
18 99746 6403
Saúde Mais uma morte

Mais um idoso do Asilo de Tupã morre por coronavírus

Com o novo óbito, sobe para 24 o número de mortes desde o início da pandemia, sendo 15 apenas entre os pacientes do Asilo.

11/08/2020 08h54 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Informações Assessoria de imprensa
Mais um idoso do Asilo de Tupã morre por coronavírus

A Prefeitura de Tupã confirmou mais 1 caso de óbito por coronavírus nesta segunda-feira (10/08). De acordo a Secretaria de Saúde, a nova vítima é uma mulher de 85 anos, que também era atendida no asilo Casa Emanuel. 

Em nota o executivo municipal manifesta novamente pesar pela perda e se solidariza com familiares e amigos da nova vítima. Ela era o último interno da Casa Emanuel que estava hospitalizado. Portanto, não há mais idosos da Casa Emanuel internados na Santa Casa por conta da doença. 

Com o novo óbito, sobe para 24 o número de mortes desde o início da pandemia, sendo 15 apenas entre os pacientes da Casa Emanuel. O boletim epidemiológico mostra que mais 36 casos suspeitos de coronavírus tiveram resultado negativo. A Secretaria de Saúde também registrou mais 18 novos casos positivos, todos em isolamento domiciliar. 

Outros 38 novos casos suspeitos foram notificados, todos também em isolamento domiciliar. Felizmente mais 13 pessoas que contraíram a doença estão recuperadas. Com os novos dados, a prefeitura já realizou 3.906 exames, sendo que 3.437 tiveram resultado negativo. O número de casos confirmados chega a 428, sendo 75 ainda em período de transmissão. 

Até o momento foram contabilizados 24 óbitos e 329 pacientes recuperados. Atualmente, 41 casos suspeitos estão aguardando resultado, incluindo casos de 3 óbitos sob investigação, cujos exames estão sendo analisados pelo Instituto Adolfo Lutz, seguindo protocolo do Ministério da Saúde.

A taxa de ocupação hospitalar da UTI está em 33%, com 26,4% de pacientes de Tupã e 6,6% de pacientes da região. Já a taxa de ocupação da enfermaria está em 20%.

Ele1 - Criar site de notícias