Sexta, 14 de Agosto de 2020 23:26
18 99746 6403
Política e Economia Auxilio Emergencial

Governo Federal e Caixa divulgam novo calendário de pagamentos do auxílio emergencial

Novos ciclos de depósito de créditos e saques em espécie seguem de acordo com o mês de aniversário dos beneficiários.

21/07/2020 14h21
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Assessoria de Imprensa da CAIXA
Governo Federal e Caixa divulgam novo calendário de pagamentos do auxílio emergencial

A CAIXA, agente financeiro do maior programa de inclusão financeira e digital do Brasil, vai creditar as novas parcelas 4 e 5 do Auxílio Emergencial anunciadas pelo Governo Federal a partir da próxima quarta-feira (22). O novo calendário de pagamentos passa a ser organizado em ciclos de crédito em conta poupança social digital e saque em espécie. Os beneficiários continuam recebendo a parcela a que têm direito no período de acordo com o mês de nascimento.

"A CAIXA é o banco de todos os brasileiros. Com o Auxílio Emergencial do Governo Federal, estamos ajudando a população a atravessar esse período de incertezas", explica o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães. "Além de garantir a segurança financeira, o pagamento do auxílio promoveu a maior operação de transferência de renda da história do país", completa. O banco já pagou mais de R$ 121 bilhões para 65,2 milhões de pessoas.

 Beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários que estão no programa Bolsa Família começam a receber a parcela 4 já na próxima segunda-feira (20). O recebimento do Auxílio Emergencial por este público é feito da mesma forma que o benefício regular, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes CAIXA Aqui, ou por crédito na conta CAIXA Fácil.

Novo calendário de pagamentos

Na próxima quarta (22), 3,8 milhões de brasileiros nascidos em janeiro já receberão o crédito na poupança social digital. Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e para quem se cadastrou pelo App CAIXA | Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br, conforme o novo calendário:

  

Por definição do Governo Federal, este calendário de ciclos substitui o cronograma de saque anteriormente divulgado.

Balanço

O site auxilio.caixa.gov.br recebeu 1,5 bilhão de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 365 milhões de ligações. O aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial teve 105,7 milhões de downloads e o aplicativo CAIXA Tem, para movimentação da poupança digital, ultrapassa 167 milhões de downloads.

A CAIXA publica as atualizações diárias de números referentes ao pagamento do Auxílio Emergencial no link: https://caixanoticias.caixa.gov.br/. 

Cartão de débito virtual CAIXA

O beneficiário não precisa aguardar o saque em espécie para transacionar o dinheiro. O aplicativo CAIXA Tem possibilita que o cidadão faça transferências bancárias e ainda pague contas, como água, luz e telefone. Além disso, o app disponibiliza gratuitamente o cartão de débito virtual CAIXA. Com ele, é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados. O cartão também é aceito em diversas lojas físicas.

Já foram movimentados mais de R$ 9,87 bilhões com o Cartão de débito virtual CAIXA.

Para utilizá-lo, o beneficiário precisa gerá-lo. Para isso, o primeiro passo é atualizar o CAIXA Tem. Depois, entrar no aplicativo e acessar o ícone Cartão de Débito Virtual. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do CAIXA Tem. Em seguida, aparecerão os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade do cartão, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em “gerar”. Pronto. O cartão está disponível. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código.

Pagamento nas maquininhas com QR Code

Além da possibilidade de uso do cartão de débito virtual, disponível para compras online, o CAIXA Tem também oferece a opção “Pague na maquininha”, forma de pagamento digital que pode ser utilizada nos estabelecimentos físicos habilitados. É uma funcionalidade por leitura de QR Code gerado pelas maquininhas dos estabelecimentos e que pode ser facilmente escaneado pela maioria dos telefones celulares equipados com câmera.

Quando o cliente seleciona a opção “Pague na maquininha”, no aplicativo, automaticamente a câmera do celular é aberta. O usuário deve então apontar o telefone para leitura do QR Code gerado na maquininha do estabelecimento.

Ele1 - Criar site de notícias