Sexta, 03 de Julho de 2020 15:50
18 99746 6403
Cidades Rodovias

Concessionária assume SP-294 e SP-425 a partir desta quinta-feira

Concessão rodoviária terá investimentos de R$ 14 bilhões em infraestrutura.

04/06/2020 07h54 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Assessoria de Imprensa
Concessionária assume SP-294 e SP-425 a partir desta quinta-feira

A Eixo SP Concessionária de Rodovias dá início nesta quinta-feira, dia 4 de junho, à operação do Lote PiPa (Piracicaba Panorama). O contrato assinado com o governo paulista prevê a administração do trecho de 1.273 quilômetros de rodovias por 30 anos, período em que serão investidos R$ 14 bilhões em obras de ampliação, conservação, além da modernização de serviços ao usuário e redução na tarifa de pedágio.

A malha é formada por 12 rodovias que passam por municípios desde Rio Claro, na região central, até Panorama, no extremo oeste, na divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul. A Eixo SP assume o trecho de 218 quilômetros das rodovias SP 310 - Washington Luís e da SP 225 – Engenheiro Paulo Nilo Romano, entre as cidades de São Carlos e Rio Claro, e de Itirapina a Bauru, que estavam sob gestão de outro grupo de concessionárias.

O segundo segmento, administrado até então pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem, tem mais de 900 quilômetros de pistas: SP 284 – rodovias Homero Severo Lins e Prefeito José Gigliardi; SP 293 - Lourenço Lozano; SP 294 – Comandante João Ribeiro de Barros; SP 331 - Deputado Victor Maeda; SP 425 - Assis Chateaubriand; SP 261 - Osni Mateus; SP 304 - Geraldo de Barros; SP 308 - Rodovia Hermínio Petrim; SP 197 – Dr. Américo Piva e SP 191 – Wilson Finardi, ligando municípios das regiões de Bauru, Marília e Presidente Prudente.

As rodovias receberão investimentos que incluem 600 quilômetros de duplicações e novas pistas. Também no cronograma está a instalação de faixas adicionais e vias marginais, acostamentos, ciclovias, passarelas e dispositivos de acesso e retorno. A manutenção de toda a malha com serviços de restauração do pavimento, de conservação da faixa de domínio e de sinalização também integram o projeto.

Suporte ao motorista

O usuário passa a contar também, em toda a extensão concedida, com auxílio emergencial de guincho, resgate e informações sobre trânsito e rotas. O canal de atendimento da Eixo SP é o 0800 178 998.

Ao todo, nove bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAUs) estão em funcionamento nos municípios de São Carlos, Itirapina (duas bases), Santa Gertrudes, Jaú, Boraceia, Bauru, Guarapuã e Brotas. Outros 23 postos serão instalados com serviços de informação, banheiros e bebedouros.

Toda a extensão rodoviária será monitorada por câmeras controladas pelo Centro de Controle Operacional (CCO) que permitem identificar qualquer ocorrência e acionar o apoio operacional. O contrato também prevê a conexão wi-fi em toda a malha para que o motorista solicite atendimento da Concessionária pelo dispositivo móvel.

Motorista conta com apoio operacional, por equipes da concessionária Eixo SP (Da Assessoria).

Impulso econômico

A extensão rodoviária abrange 62 municípios que serão beneficiados, ao longo do contrato, com o repasse de R$ 2 bilhões em ISS – Imposto Sobre Serviços. Estes recursos podem ser investidos em áreas prioritárias de serviços públicos como educação, saúde e segurança pública.

“A Eixo SP assume a maior concessão rodoviária da história, um desafio diante do atual cenário, pontual se considerado o período em que atuará, perseverante no desenvolvimento do Estado de São Paulo e do Brasil. A contribuição desta importante operação à economia é expressiva, em vista das perspectivas de aquecimento das atividades econômicas regionais, estimuladas pela infraestrutura rodoviária”, afirma Sergio Santillan, CEO da EIXO SP.

Logo no início, a Eixo SP contratou mais de 2 mil colaboradores. A estimativa é de mais 1,2 mil postos de trabalho gerados já no próximo ano, sem mencionar a empregabilidade gerada com a mão de obra indireta, de empresas terceirizadas para a execução de serviços de engenharia e fornecimento de produtos e insumos, que irão contribuir com o aquecimento da economia regional. 

 Tarifa reduzida

A inovação também é proporcionada do ponto de vista econômico ao motorista que utiliza as rodovias sob gestão da Eixo SP. A tarifa quilométrica nas praças de pedágio de Rio Claro e Itirapina, na Washington Luís; e de Brotas, Dois Córregos e Jaú (SP 225) está 23% menor em relação à praticada no contrato de concessão anterior deste trecho.

Conforme previsto na nova fase do programa de concessões rodoviárias do estado, motocicletas entram na categoria de pagamento de pedágio a partir de 4 de junho. Para motociclistas que optarem pelo pagamento em pistas semiautomáticas, com o cartão de recarga pré-pago, haverá desconto de 5% na passagem.

Os motoristas que utilizam as pistas automáticas com as tags de operadoras também têm o desconto percentual. Outra novidade no programa de concessões do governo paulista, e no país, é que a Eixo SP é a primeira Concessionária a adotar o Desconto de Usuário Frequente (DUF), que beneficia os motoristas que utilizam o trecho rodoviário com mais frequência, principalmente moradores de pequenas cidades que usam as rodovias para acessar a rede de comércio e serviços de municípios vizinhos.

 

 

Ele1 - Criar site de notícias