Sexta, 03 de Julho de 2020 17:52
18 99746 6403
Política e Economia Retomada

Doria anuncia “retomada consciente” no estado a partir de 01/06

Haverá flexibilização da medida em algumas regiões a partir de 1º de junho para a retomada da atividade econômica.

27/05/2020 13h05
Por: Redação Guia Online Parapuã - Diogo Oliveira Fonte: Revista Exame
Doria anuncia “retomada consciente” no estado a partir de 01/06

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anuncia nesta quarta-feira, 27, detalhes da “retomada consciente“, cuja primeira fase será implementada no estado entre 1º e 15 de junho. 

A princípio, a quarentena será prorrogada até o dia 15 de junho, pelo menos na capital, mas haverá flexibilização da medida em algumas regiões a partir de 1º de junho para a retomada da atividade econômica.

Segundo informou o governador, a retomada será possível nas cidades que tiverem redução consistente no número de casos, disponibilidade de leitos nos hospitais públicos e privados e que obedecerem o distanciamento social nos ambientes públicos. O uso de máscaras continuará sendo obrigatório.

A retomada não deve ser aplicada à região metropolitana, que ainda registra aumento diário nos casos e estão com taxa de ocupação de leitos de UTI acima de 90%. Segundo o governador, o isolamento social terá ajudado a salvar 65 mil vidas.

“É uma retomada segura e consciente. Estaremos acompanhando dia-a-dia a evolução do processo. Se tivermos que dar um passo atrás, não hesitaremos”, disse o governador.

Estão presentes na entrevista coletiva diversas autoridades do governo paulista, como Patricia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico, o prefeito da capital, Bruno Covas.

Dimas Covas, presidente do Comitê de Contingência do novo coronavírus, e João Gabbardo dos Reis, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde na gestão de Luiz Henrique Mandetta, que agora é integrante do comitê, também participam.

Segundo detalhes antecipados pelo governador, cada região será classificada em zonas para a flexibilização: zona de risco (ocupação de leitos de UTI acima de 80%), zona de controle (entre 60% e 80%), de flexibilização (abaixo de 60%), de abertura parcial (abaixo de 60% e baixa incidência de novos casos) ou normal controlado.

A reabertura de setores da economia será feita em cinco fases, com priorização de setores de acordo com a “vulnerabilidade econômica e empregatícia”.

Por enquanto, o governo de São Paulo anunciou a retomada de atividades em etapas, como mostra a imagem a seguir, mas ainda não há datas específicas. Um site será disponibilizado com mais de 60 protocolos que cada setor deverá cumprir.

São Paulo é o estado mais afetado pela pandemia de coronavírus no Brasil. Segundo dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados ontem, 86.017 pessoas contraíram a covid-19 e 6.423 morreram em decorrência da doença. Em número de casos, o estado passou a China, que registra 84 mil testes positivos.

 
Ele1 - Criar site de notícias